Portal da Central de Prevenção ajuda a ampliar comunicação sobre Covid-19 na região e orientar empresas e comunidade

Orientações

Diante da pandemia do novo Coronavírus SARS-Cov-2, as entidades de classe de Jaraguá do Sul e região uniram esforços com o objetivo de levar à população informações precisas relacionadas com o objetivo de minimizar impactos e a propagação da doença.

Todas as notícias vindas de órgãos públicos e da iniciativa privada, incluindo práticas preventivas e de contenção adotadas pelas empresas locais, estão sendo divulgadas no portal www.centraldeprevencao.com.br

O Grupo de Trabalho é coordenado pela ACIJS e tem como parceiros o CEJAS (Centro Empresarial), ACIAG (Guaramirim), ACIAC (Corupá), ACIAM (Massaranduba), ACIAS (Schroeder), ABRH, Prefeitura, AMVALI, SCAR, Hospitais São José e Jaraguá, SESI, SENAI, SESC, Católica SC, entre outras entidades e com apoio técnico da agência Oodles.

Para o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial, Luis Leigue, a união de esforços se justifica em momentos críticos como o atual, em que se torna imprescindível a coesão de discursos e ações dos diversos setores organizados da sociedade. “É um momento que requer principalmente serenidade e na medida em que os diversos segmentos e instituições, ao lado do poder público e de outros organismos oficiais conseguem articular um trabalho conjunto, em apoio às decisões que precisem ser tomadas, os resultados são sempre mais positivos e tranquilizadores ao conjunto da sociedade”, assinala Luis Leigue.

O empresário acentua que a mobilização de prevenção, para minimizar os impactos e de estruturação do sistema de saúde, que já demonstra historicamente condições favoráveis ao atendimento em nível regional, é fundamental para a orientação dos associados das entidades, dos colaboradores das empresas e de toda a população.

A presidente da ABRH-Jaraguá do Sul, Juliana Rodermel Joaquim, também reforça a importância de todos atuarem de forma conjunta e solidária nesse momento de crise, combatendo a desinformação e promovendo a conscientização dos colaboradores e consequentemente da comunidade.

“As experiências dos outros países já deixaram claro que todos nós estamos vulneráveis e seremos afetados pelos impactos do novo Coronavírus. Precisamos unir esforços para levar às pessoas o nosso principal serviço, que é a informação. Vamos falar com os nossos colaboradores de seres humanos para seres humanos, com olhar atento para as necessidades básicas de cada um. O vírus não escolhe CNPJ, ele ataca CPF. É o momento de nos afastarmos fisicamente e de nos unirmos no propósito de proteger as nossas pessoas. Quanto antes fizermos isso, antes voltaremos a nos abraçar de verdade.”

Talita Beber, presidente da CDL, também destacada o engajamento da entidade como forma de reforçar as orientações aos seus associados e colaboradores, seguindo à risca todos os critérios de precaução. “A criação do comitê e do portal busca concentrar em um canal específico informações seguras para a comunidade, além de acompanhar a evolução do Coronavírus na região do Vale do Itapocu. Nosso objetivo é tentar minimizar ao máximo, através dessas ações, os impactos na economia”, reforça.

O prefeito Antídio Lunelli também ressaltou o trabalho conjunto de vários segmentos, e disse que embora o País e a região enfrentem uma situação delicada, como reflexo do quadro mundial de pandemia, a mobilização de entidades e do poder público demonstra que o enfrentamento ao Coronavírus pode ser feito de maneira organizada, com serenidade e tranquilizando a comunidade. “Tenho certeza de que com união e a consciência de todos, podemos superar este momento e a sociedade saia deste cenário muito mais forte e preparada”.

Principal foco da ação, deflagrada no dia 13 (sexta-feira) e integrada por diversos segmentos, é tranquilizar a comunidade por meio de informações oficiais no portal www.centraldeprevencao.com.br, em parceria com o poder público e orientar quanto aos protocolos de empresa para evitar contágio do Covid-19