Mesmo com mudança na Matriz de Risco, Jaraguá do Sul mantém restrições contra a Covid-19

Dúvidas Comuns, Índices, Orientações, Prevenção, Protocolos nas Empresas

Jaraguá do Sul e os demais municípios da região Nordeste de Santa Catarina estão com nova classificação de risco de contágio do novo coronavírus. No último sábado (5), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou a Matriz de Risco Potencial e indicou a melhora da semana retrasada para a semana passada, o que colocou a região no patamar grave (cor laranja).

Apesar de ter mudado de classificação para um risco menor, o secretário municipal de Saúde, Alceu Gilmar Moretti, destaca que a situação continua sendo de muita atenção. De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado na tarde de sábado (5), as UTIs e Enfermarias dos hospitais continuam com 100% de ocupação. “Além disso, estamos com quase mil pessoas em tratamento. É um número elevado e, por isso, não podemos nos descuidar”, reforça Moretti, acrescentando que as medidas de higiene, distanciamento e uso de máscaras não podem ser deixadas de lado em momento algum.

Jaraguá do Sul mantém até o dia 15 de junho o decreto com as medidas restritivas para o combate à pandemia

A presidente do Comitê Extraordinário da Covid-19, Emanuela Wolff, destaca que a situação dos hospitais é grave, já que, além dos pacientes de covid, os leitos estão ocupados por pessoas com outras doenças. “Estamos com esse volume de ocupação desde o mês de fevereiro, de um total de 46 leitos de UTI e 76 leitos de enfermaria. A situação se agrava ainda mais neste momento, porque além destes leitos que são exclusivos, e foram criados exatamente para dar o suporte a covid-19, os outros setores dos hospitais também estão cheios, principalmente pelo fato da flexibilização na grande maioria das atividades”, disse a presidente do Comitê, durante uma live promovida pela Prefeitura de Jaraguá do Sul, na última sexta-feira (4).

A presidente do Comitê enfatizou ainda que nas últimas semanas, após a flexibilização de diversas atividades, o aumento de ocorrências que geraram demanda nos hospitais foi muito grande, e que, “infelizmente estas medidas são necessárias para evitarmos aglomerações e limitarmos a movimentação de pessoas no período da noite”. O índice de transmissibilidade da covid-19 em Jaraguá do Sul é de 1,189, ou seja, um grupo de 100 indivíduos infectados tende a contaminar até outras 119 pessoas.

[Fonte: Prefeitura de Jaraguá do Sul]