ACIJS incentiva o uso de máscaras de proteção facial como forma de ampliar o enfrentamento ao Covid-19

Dúvidas Comuns, Orientações, Prevenção, Protocolos nas Empresas

A retomada das atividades nos diversos setores da sociedade implica em redobrarmos os nossos cuidados para que se evite a propagação do Novo coronavírus (Covid-19).

Com a deliberação do Ministério da Saúde e da divulgação da portaria 224 pelo Governo do Estado de incentivo para a utilização de máscaras de proteção facial no ambiente doméstico e em locais públicos, essa medida passou a exigir de todos nós mais responsabilidade sobre a proteção individual e a de outras pessoas com as quais convivemos profissional e socialmente.

Com este objetivo, a ACIJS se engajou a este movimento de proteção à vida. Chegou a hora de cuidarmos ainda mais de nós mesmos e de quem está ao nosso redor. Por isto, a entidade orienta associados e a comunidade em geral para que todos tenhamos como hábito a utilização de máscaras de rosto, além de intensificarmos os demais cuidados já definidos como regra de combate ao Covid-19: lavar as mãos com sabão assiduamente, utilizar álcool em gel e mantermos a distância indicada nos protocolos de saúde quando estivermos em locais de concentração de outras pessoas – no trabalho e nos demais ambientes.

Com a liberação gradual de atividades em muitas áreas de negócios, nas empresas, no comércio, prestadores de serviços e profissionais autônomos e liberais, esta orientação quanto aos cuidados se torna ainda mais importante.

Vamos fazer a nossa parte para vencermos essa guerra e retomarmos a plena normalidade o mais rápido possível, para fazermos o que de melhor fazemos. Construir um lugar de qualidade para nós e para as nossas famílias, amigos e empreendedores.

Se estiver trabalhando ou precisar sair de casa, adote essa medida por precaução e bom senso. Cuidando uns dos outros, demonstramos atenção e cuidado com todos.

Para auxiliar nesta luta contra o Covid-19, repassamos algumas orientações do Ministério da Saúde para a fabricação de máscaras de proteção que podem ser confeccionadas com materiais que dispomos em casa, de um jeito simples, criativo e funcional:

1. Em primeiro lugar, lembre-se que a máscara é individual. Não pode ser compartilhada com ninguém, nem com mãe, filho, irmão, marido, esposa etc. Então se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras;

2. A máscara deve ser usada por cerca de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Então, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de pano. Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de pano, portanto, que seja dupla face;

3. A máscara precisa ter elásticos ou tiras para amarrar acima das orelhas e abaixo da nuca. Desse jeito, o pano estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;

4. Use a máscara sempre que precisar sair de casa, a trabalho ou para qualquer outra atividade. Saia sempre com pelo menos uma de reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar. Chegando em casa, lave as máscaras usadas com água sanitária, deixando de molho por cerca de dez minutos;

5. Para confeccionar a máscara qualquer pedaço de tecido serve, pode ser o de uma camiseta velha de algodão, pano de uma calça antiga, ou tecido de cortina, o importante é que seja um material que proteja a área do rosto da boca e nariz.

Veja neste vídeo preparado pelo Ministério da Saúde como fazer uma máscara de proteção >> https://youtu.be/VNYEgEWrJKw

Observação importante:

O uso de máscaras constitui uma barreira de proteção física, de uso individual, mas esta medida não dispensa que as demais orientações sejam seguidas à risca, como lavar bem as mãos com água e sabão, ou a higienização com álcool em gel, no cuidado de passar álcool em materiais e objetos usados no dia a dia, e no distanciamento mínimo entre as pessoas, conforme as recomendações das autoridades de saúde

Confira aqui [ https://bit.ly/2Rhkrdc ] a íntegra da portaria divulgada pelo Governo do Estado ou faça o download: